Ventosaterapia

A ventosa é uma terapia milenar, desenvolvida no Oriente com base na acupuntura e apesar de se tornar conhecida pelo seu uso na Medicina Tradicional Chinesa, existem informações dessa prática em outros povos antigos. A ventosaterapia  era comum e utilizada para a cura de várias doenças, até porque não tinham recursos médicos. Também apontada como instrumento curativo milagroso por atuar no elemento energético e pelo contato com o interior do corpo através do sangue.

Antes a ventosa era feita com outros instrumentos,  utilizavam a cabaça, e até chifres de búfalos, cortavam 10 cm da parte superior e através da sucção oral na ponta do chifre formava um vácuo. Depois foi substituída por cúpulas de bambu e atualmente a mais comum é de vidro, que funciona com a retirada do oxigênio de dentro da ventosa formando um vácuo sobre a pele ou através de uma válvula em cima do copo que bombeia o ar para fora. Leia mais

Acupuntura sabedoria chinesa

 

A acupuntura é um ramo da medicina oriental chinesa de grande importância, uma técnica milenar que teve sua eficácia conhecida em vários lugares do mundo, inclusive é considerada pela Organização Mundial da Saúde como método de tratamento complementar. Foi também declarado Patrimônio Cultural Intangível da Humanidade pela UNESCO em 19 de novembro de 2010. Leia mais

Dica:  Massagem Terapêutica

A massagem é a melhor técnica existente contra o estresse e é indicada para problemas de saúde e distúrbios emocionais. Entre eles:

–  Distúrbios do sono    

–  Depressão    

–  Disfunções sexuais

–  Problemas circulatórios  

 –  Apoio à gravidez e ao pós parto

–  Dores nas costas

– Tensões musculares     

–  Doenças psicossomáticas em geral

Os efeitos imediatos são:

– Relaxamento dos músculos

– Ampliação da capacidade respiratória

– Diminuição da ansiedade

– Melhora da qualidade do sono

– Aumento da concentração

– Alívio de dores

– Maior flexibilidade

Os efeitos a médio e longo prazo:

– Maior consciência corporal

– Maior acuidade dos sentidos

– Mais resistência às doenças

– Menos ansiedade

– Maior vitalidade

– Aumento da capacidade de lidar com imprevistos

– Calma e tranqüilidade

 

Keitty Fernandes, Jornalista e Terapeuta Holística

Medicina Alternativa e suas diferentes técnicas

 

 

A medicina alternativa, a cada dia que passa, vem conquistando mais adeptos, que costumam conciliar com a medicina tradicional e alopática. Isto porque a medicina alopática é repleta de efeitos colaterais e violência ao corpo, além disso, a globalização nos permitiu compartilhar conhecimentos e trouxe novas formas de combate a doenças psicossomáticas. A sabedoria Oriental veio agregar valor real a medicina Ocidental; trata-se não somente de um auxílio nos tratamentos de insônia, depressão, síndromes e câncer, mas também da inserção de práticas preventivas a tais doenças.

O uso de diferentes técnicas e a busca por melhor tratamento para cada corpo é respeitar nossas limitações e avançar rumo a uma vida mais saudável, harmônica e equilibrada. Por isso, a importância da medicina alternativa, que também encontra espaço entre órgãos oficiais que têm reconhecido algumas dessas práticas e incluindo-as em programas governamentais.É o caso, por exemplo, da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no Sistema Único de Saúde (SUS). O programa do Ministério da Saúde incorporou práticas tradicionais da Medicina chinesa, como acupuntura, homeopatia, fitoterapia, termalismo e medicina antroposófica, às redes estadual e municipal de saúde pública. Classificadas como “especialidades médicas”, as terapias passaram, também, a ser cobertas por alguns planos de saúde. Leia mais

Dica: Benefícios do ômega 3

É comprovado cientificamente que seu consumo diminui os riscos de doenças cardiovasculares e melhora a concentração e a memória.

O ômega 3 é um ácido graxo essencial para a saúde, mas nosso organismo não o produz, então os médicos recomendam o seu consumo. Ele é encontrado nos peixes, mas a sua maior concentração está na pele dos peixes e, por isso, esta não deve ser retirada. Para garantir a presença do ômega 3 é importante que o alimento não seja preparado em altas temperaturas, nem seja frito.

Amigo do coração: ele é excelente para o bom funcionamento do coração! Ele auxilia na redução do mau colesterol, no controle dos triglicerídeos e da pressão arterial, diminuindo o risco de doenças cardiovasculares, como os ataques cardíacos e derrame cerebral.

Alimento do cérebro: o ômega 3 é um alimento para o seu cérebro, fundamental para a sua saúde mental, já que cuida da sua memória, agilizando a concentração, coordenação motora e o raciocínio.sendo muito favorável para os estudos e o trabalho. O ômega 3 ainda renova a composição das membranas celulares cerebrais.

Qualidade de vida: o ômega 3 é um anti- inflamatório natural poderosíssimo, auxilia na prevenção de dores e fadigas musculares. É eficaz no tratamento de inflamações crônicas, como tendinites. Esta rica substância também pode ser utilizada como complemento terapêutico da depressão. Seu consumo combinado a uma alimentação saudável e a prática de exercícios físicos, aumenta sua expectativa de vida com muito mais saúde.

Keitty Fernandes

Jornalista e Terapeuta Holística.

DICA: EXERCÍCIOS PARA AS DIFERENTES FASES DA VIDA

Em primeiro lugar, precisamos tomar consciência da importância da atividade física, seja qual for, ela se faz necessária em todas as fases da vida e quanto antes começarmos melhor. Exercícios combinados com uma boa alimentação e com equilíbrio psicoenergético são práticas para uma vida longa e saudável! Leia mais

Dica: Equilíbrio

O caminho para o equilíbrio está na transformação interna e a partir dela poderemos enfrentar os dilemas do século XXI. Mas é preciso uma reeducação alimentar, psíquica e emocional para se alcançar tal transformação. Devemos inserir a compaixão, o amor, a alegria e a serenidade de espírito como valores essenciais na nossa vida. Leia mais